No nosso dia-a-dia dependendo de nossa actividade estamos sujeitos a ficar em pé durante longas horas. Imagina a pressão que isso coloca nos nossos pés? E quando o nosso trabalho exige longas caminhadas e constantes subidas de escadas? Já pensou no impacto que o tornozelo sofre?
Muitas vezes não estão disponíveis sapatos confortáveis para as nossas funções. Qual a solução?

Para quem quer prevenir possíveis lesões nos tornozelos, joelhos e articulações como os tendões uma opção é o uso de palmilhas de silicone. Possuem boa resistência e capacidade de amortecimento, proporcionando um alto grau de absorção de impactos. São macias e flexíveis, ideais para prática de desportos e para o uso diário.

Mas caso já tenha um problema instalado, como lesões específicas dos pés, problemas de postura ou inflamações em membros inferiores o ideal é adquirir palmilhas ortopédicas e posturais. Antes da confecção da palmilha o paciente passa por uma avaliação das suas actividades diárias. Também serão avaliados o tipo de pisada, e serão realizados testes de equilíbrio, mobilidade, entre outros. Todos estes procedimentos fazem parte de uma técnica chamada Podoposturologia, que consiste em corrigir desequilíbrios posturais.

No entanto, há também quem procure especificamente palmilhas personalizadas (principalmente desportistas) pois as palmilhas têm uma grande influência no bom desempenho da prática desportiva.

E quais são os benefícios e indicações desta técnica?

  • Melhoria de dores decorrentes da má postura corporal, dores nas costas, pernas, pés e quadris;
  • É indicada como auxílio no tratamento de outros problemas posturais como hérnia de disco, cifose, escoliose, hiperlordose, entre outros;
  • Para tratamento de lesões dos pés como esporão calcâneo, fascite plantar, joanete, etc;
  • É indicada também em casos de problemas circulatórios nas pernas e pés (exemplo: pés diabéticos);
  • Na área desportiva pode ser usada na prevenção e tratamento de lesões.

O uso adequado de palmilhas melhora a qualidade de vida e o conforto de todos que sofrem dores nos pés, tornozelos, joelhos e nas costas (devido a má postura ou problemas de pisada), pois corrigem assimetrias posturais, buscando atingir o equilíbrio do corpo. Assim, a palmilha redistribui as pressões na planta dos pés amenizando a sobrecarga na coluna vertebral, joelhos e nos próprios pés. Ajuda a reposicionar a estrutura óssea e compensar a fraqueza dos músculos e tendões.

O seu uso pode ser recomendado em qualquer faixa etária, desde a infância até à velhice. Podem ser fabricadas em diversos tipo de material tendo em conta a finalidade à qual se destinam. Peça aconselhamento sobre palmilhas junto do nosso Fisioterapeuta na Equilíbrio e Saúde em Estarreja.